Secretaria da Diversidade do Ceará apresenta campanha de combate à LGBTIfobia

442
Foto: Thiago Marinho

Por Rafael Mesquita

A Secretaria da Diversidade do Ceará, primeiro órgão LGBTQIA+ estadual com este status governamental no Brasil, lançou na noite desta quinta-feira, 22, a campanha “Ceará da Diversidade contra a LGBTfobia”.

A iniciativa marca o estopim do desenvolvimento de uma série de políticas públicas para a população LGBTI+ do Estado do Ceará, que serão implementadas durante os próximos quatro anos. São ações distribuídas em 3 pilares de sustentação: Promoção, Proteção e Cidadania.

As propostas, são:
* Criar o Comitê de Empregabilidade e Empreendedorismo LGBTI+, em parceria com o Ministério Público do Trabalho;
* Acompanhar e fortalecer os conselhos municipais;
* Fortalecer as redes de acolhimento, proteção e defesa;
* Elaborar e distribuir materiais informativos;
* Promover ações do calendário Estadual oficial LGBTI+;
* Estabelecimento de cooperação técnica com a SAP e SSPDS;
* Promover capacitação continuada;
* Articular ações de combate à fome e à insegurança alimentar;
* Realizar pesquisa sobre o perfil da População LGBT|+;
* Ampliar e interiorizar a Política LGBTI+.

Conforme a secretaria da pasta, Mitchelle Meira, as ações reforçam o compromisso do Governo do Ceará, por meio da Sediv, em priorizar a Diversidade e o Combate à LGBTfobia. “A ideia é que a gente leve a questão da LGBTIfobia como crime nos municípios e que a gente dialogue com a população. Que a gente tenha também a campanha da diversidade contra a LGBTIfobia na educação, saúde, assistência e trabalho. A gente tem como ponto principal trabalhar e lutar contra todo tipo de violência e preconceito contra a população LGBTQIA+ no estado do Ceará, cuidando das pessoas, trazendo dignidade, trabalho, renda e autonomia. As pessoas não podem mais estar na vulnerabilidade e nesse espaço de violência.”, destaca Mitchelle Meira.

O evento foi prestigiado por representantes do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania do Governo Federal. Entre eles, Danielle Brígida, Diretora de Promoção e Defesa das pessoas LGBTQIA+, e Hiago Mendes, Coordenador Geral de Defesa das pessoas LGBTQIA+. A Presidenta do Conselho Nacional de Combate à Discriminação de LGBT (CNCD/LGBT), Janaína Oliveira, também marcou presença na atividade.

Cultura LGBTQIA+

A celebração da diversidade também foi marcada pela apresentação de grupos artísticos LGBTQI+, entre eles transformistas e um coletivo de pessoas em situação de privação de liberdade, que encenaram espetáculo teatral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here